Na era de ouro atual da televisão, Breaking Bad é certamente uma conquista. Um conto de inspiração de Shakespeare de um professor de química, cujo diagnóstico de câncer o transforma em um dos maiores chefes do mundo das drogas. É claro que, no centro do enorme sucesso da série, brilha a performance genial de Bryan Cranston como Walter White.

Breaking Bad também é conhecida pela sua atenção aos detalhes. Os fãs usaram amplamente a numeração do episódio, mensagens ocultas e metáforas visuais, muitas vezes encontrando pequenos pedaços de um significado adicional. Posteriormente, há muitos fatos sobre o personagem principal Walter White que muitos fãs de Breaking Bad podem não saber.

Sem mais demora, vamos as 15 coisas que você provavelmente não sabia sobre Walter White.


#1 – O VERDADEIRO HEISENBERG

É de conhecimento que o Heisenberg de Walter White é inspirado pelo cientista Werner Heisenberg, mas como muito mais em Breaking Bad, essa não era uma escolha aleatória, e as duas figuras compartilham mais do que apenas um nome.

Como Walter, a vida real Heisenberg também sofria de câncer, embora não de pulmão. Ambos os homens também seguiram uma trajetória de carreira semelhante, no sentido de que começaram na linha reta e estreita antes de se envolverem em algo mais escuro. No caso de Werner Heisenberg, o cientista ganhou um Prêmio Nobel em 1932, mas acabaria por formar parte da equipe de pesquisa nuclear dos nazistas.

Talvez o principal motivo pelo qual Walter White recebeu o apelido de Heisenberg, no entanto, é devido ao famoso princípio da incerteza do cientista. Esta teoria afirma que o impulso de uma partícula e a posição exata não podem ser conhecidos com certeza. Isso atua como uma metáfora para a transformação de Walter White para um criminoso.

Walter White


#2 – O CHAPÉU DE HEISENBERG

Uma das imagens mais emblemáticas da série é o figurino de Heisenberg. De acordo com a figurinista Kathleen Detoro, a razão original pela qual a peça foi adicionada ao guarda-roupa de Cranston foi ajudar a evitar que a cabeça recém depilada do ator fervesse enquanto filmava no sol ardente do Novo México.

Com muitos dos primeiros momentos de Heisenberg que ocorrem ao ar livre, a decisão talvez seja compreensível. Se a equipe teve alguma ideia de quão famoso o chapéu se tornaria irrelevante; A adição foi simplesmente um daqueles acidentes felizes que contribuíram para o sucesso da série.

Walter White


#3 – BRYAN CRANSTON VIVIA O PERSONAGEM

Bryan Cranston não era apenas responsável pela vida do personagem de Walter White, ele também contribuiu de forma importante para a aparência física do personagem. Em Breaking Bad, a roupa é frequentemente usada para refletir a personalidade de um personagem, e a descida de Walt na criminalidade pode ser traçada pelo que usa em cada temporada. Como tal, era importante para Walt parecer tão sonso e chato,  e Cranston aparentemente era uma grande ajuda a este respeito. Ele até tentou modelar o bigode de Walt em algo que se assemelhava a um rato morto.

Seja qual for o método, Cranston e Gilligan costumavam conceber o personagem, os resultados são impossíveis de discutir, e o início – Walt, sem dúvida, consegue se parecer com a pessoa que menos esperaria se tornar um senhor das drogas.


#4 – O WALTER WHITE DO ALABAMA

A arte costuma imitar a vida, mas, às vezes, o inverso também. No auge da popularidade de Breaking Bad e com os adeptos de televisão no mundo inteiro, sabendo do senhor da droga de Albuquerque, Walter White, a última coisa que alguém genuinamente chamado Walter White gostaria de fazer é estar envolvido no comércio de drogas.

Um homem no Alabama claramente não obteve esse memorando, no entanto, e em 2013, a polícia prendeu uma pessoa com o nome de Walter White por lidar com substâncias proibidas. O fato de que ele estava lidando com metanfetamina (embora não da variedade azul) apenas acrescenta à estranha coincidência. O verdadeiro Walter White foi condenado a doze anos de prisão, claramente faltando a inteligência tática e organizacional de seu homônimo.

Na verdade, o Walter White do Alabama realmente começou sua empresa ilícita antes da estreia de Breaking Bad em 2008, então talvez a arte imite a vida depois de tudo.


#5 – WALTER WHITE TEVE OBITUÁRIO EM ALBUQUERQUE – NOVO MÉXICO

Breaking Bad é um exemplo brilhante de como uma série de sucesso pode entregar um episódio final perfeito para o passo, mas isso não significava que os fãs não tivessem sido devastados pela conclusão da série e pela morte de Walt.

Alguns espectadores incondicionais responderam a isso tirando um obituário em um jornal local de Albuquerque completo com uma fotografia do falecido senhor das drogas. Os destaques da passagem incluíram: “White era um químico de pesquisa que ministrava química no ensino médio e depois fundou um império de fabricação de metanfetamina” e “as doações poderiam ser feitas para uma instituição de caridade de prevenção a drogas de sua escolha”.

O melhor de tudo, quem não estava familiarizado com a série poderia acreditar facilmente que o obituário era para uma pessoa ingenua. Uma maneira brilhante de marcar o fim de uma série extraordinária.


#6 – O PAPEL DE CRANSTON EM ARQUIVO X O AJUDOU

Embora Bryan Cranston tenha sido sempre a primeira escolha de Vince Gilligan pelo papel de Walter White, a AMC teve algumas reservas sérias. Como o ator era mais conhecido nesse ponto por seu papel cômico como Hal em Malcolm In The Middle, a rede achava que Cranston não seria levado a sério como criminoso.

Felizmente, os outros candidatos da AMC se mostraram indisponíveis, dando a Gilligan mais uma oportunidade de colocar novamente a Cranston para o papel. Ele fez isso mostrando-lhes um episódio de Arquivo x que ele escreveu chamado “Drive”, no qual Cranston interpretou um vilão louco.


#7 – JOHN CUSACK E MATTHEW BRODERICK COMO WALTER WHITE

Antes de a AMC ter sido vendida na adequação de Bryan Cranston para o papel de Walter White, vários outros atores foram fortemente considerados, incluindo nomes importantes como John Cusack (High Fidelity, Being John Malkovich) e Matthew Broderick (Ferris Bueller’s Day Off).

Embora a aparente determinação da AMC de lançar um ícone de filme de época dos anos oitenta é certamente estranha, ambos os atores provavelmente teriam sido suficientemente talentosos para retratar o caráter criminoso de todos os homens. Cusack, em particular, provou ser igualmente eficaz como protagonista e antagonista.

Com retrospectiva, no entanto, é impossível imaginar alguém além de Cranston no papel, e Vince Gilligan afirmou anteriormente que ele estava ativamente contra o lançamento de atores de grandes nomes, pois ele sentiu que isso seria prejudicial para a série. O sucesso principal de Breaking Bad provou que ele sabia exatamente o que estava fazendo.


#8 – WALTER WHITE MAIS NOVO

Em rascunhos anteriores do roteiro de Breaking Bad, Vince Gilligan imaginou Walter White como um homem de 40 anos, em vez de 50. Para alguns fãs, provavelmente não teria feito diferença se Walt tinha quarenta ou cinquenta anos, Mas a decisão certamente ajudou o público a se relacionar com Walt, mesmo depois de ter começado sua transformação em Heisenberg.


#9 – O BILHETE DE LOTERIA DE WALTER TINHA UM EATER EGG

No episódio da quinta temporada “Buried”, Walter White é forçado a encontrar um esconderijo para as riquezas que acumulou graças ao sucesso do seu império de metanfetamina. Ele escolhe enterrar o dinheiro no meio do deserto do Novo México e, para lembrar a localização exata, compra um bilhete de loteria usando as coordenadas do site como números. O bilhete de loteria de Walter tinha as coordenadas geográficas que direcionavam para o estúdio onde era gravado Breaking Bad.  Curiosamente, o mesmo estúdio também foi o anfitrião do primeiro filme de Os Vingadores.

 


#10 – O SITE “SAVE WALTER WHITE” EXISTE

o site que Walter Jr. criou para arrecadar dinheiro para o tratamento do pai, www.savewalterwhite.com, existe de verdade e todos os recursos doados por espectadores para o “Walter” no site, foram doados para a uma instituição que ajuda na luta contra o câncer.


#11 – O NOME DO MEIO DE WALTER É UMA HOMENAGEM A ESPOSA DE GILLIGAN 

Embora muitas vezes não seja mencionado na tela, muitos fãs de Breaking Bad podem já saber que o nome do meio de Walter White é, de fato, Hartwell. No entanto, não é tão conhecido que esta parte do apelido de Walt vem da própria namorada do criador Vince Gilligan, Lucy “Holly” Hartwell Rice. A filha de Walt Holly, supostamente, também recebeu o nome de Lucy.

Esta não é a primeira vez que o escritor abraçou uma homenagem à sua namorada em um programa de televisão, é claro. Enquanto trabalhava em Arquivo X, Gilligan nomeou um instituto educacional de “Jump The Shark” Hartwell College. As referências são um gesto incrivelmente doce e que apenas o casal – ou qualquer um que assista a comentários do DVD … ou lê este artigo – saberá. Um pouco estranho se eles já decidirem chamá-lo um dia, no entanto.

 


#12 – WALT FOI O ENCARREGADO DE MATAR JANE

Um dos atos mais desprezíveis que Walter White cometeu durante o Breaking Bad foi deixar a namorada de Jesse Pinkman morrer de overdose durante a segunda temporada, especialmente porque ele poderia ter feito alguma tentativa de salvá-la. Por mais desconfortável que seja essa cena, no entanto, o rascunho original estava longe, muito mais obscuro.

A intenção original de Vince Gilligan era que Walt matasse Jane de uma maneira mais direta, injetando-a com drogas ou, na verdade, movendo-a para uma posição que faria ser estrangulada. Outros membros do quarto dos escritores discordaram desta ideia e sentiram que faria que os espectadores odiassem o Walt mais do que era necessário naquele momento da série.

Eventualmente, Gilligan chegou à mesma conclusão, e Walt ficou de pé e viu Jane morrer, em vez de matá-la diretamente. Como se isso fosse melhor.


#13 –  A ADMIRAÇÃO DE GEORGE RR MARTIN

Breaking Bad tem uma base de fãs de celebridades, e Anthony Hopkins enviou a Bryan Cranston uma carta de fãs após a conclusão da série. Outro espectador interessado é o nada menos que George RR Martin, o escritor acredita firmemente que Walt é muito mais do que qualquer figura que Game of Thrones tenha para oferecer.

Embora Walter White seja certamente um escarnecedor, talvez seja um pouco mais difícil colocá-lo no mesmo nível que Joffrey Baratheon – que matou outros por diversão – e Ramsay Bolton, que torturou o pobre Theon Greyjoy inquieto.


#14 – A CENA DA PIZZA

Uma das cenas mais emblemáticas, ainda que divertidas, Breaking Bad é quando um Walt irritado e frustrado lança uma pizza no ar e acaba no seu telhado da garagem. Embora a equipe de produção inicialmente esperasse ter que passar por algumas tomadas antes de retirar o truque, Bryan Cranston revelou em Jimmy Kimmel Live! Que ele se surpreendeu mesmo ao aterrissar o tiro na primeira tomada. O choque do ator é realmente parcialmente visível na cena.

Os adeptos do programa mostraram que tentaram recriar o momento na mesma casa usada para a filmagem, que na vida real pertence a um casal aposentado, e Vince Gilligan foi forçado a fazer um pedido público para os espectadores pararem de perseguir os pobres moradores.


#15 – REAÇÕES AO VER WALTER CARECA SÃO VERDADEIRAS

O tratamento do câncer de Walt é o principal motivo pelo qual ele raspa a cabeça na tela, mas o novo estilo também serve para tornar o personagem muito mais intimidante à medida que seu negócio de drogas começa a decolar. De qualquer forma, o momento é uma mudança definitiva no personagem de Walt, e a cena em que revela pela primeira vez sua nova cabeça raspada para sua família.

Parte do que fez esta cena funcionar tão bem é que Anna Gunn e RJ Mitt – que interpretaram a esposa de Walt Skylar e seu filho Walt Jr. – na verdade não tinham visto o novo visual do ator antes da filmagem. Isso significa que suas reações são completamente genuínas, fazendo com que a cena se sinta como um cenário familiar realista. Claro, tudo o que Walt Jr. estava preocupado era terminar seu café da manhã.


Fonte: Screenrant

Comentários

Comentários