FICHA TÉCNICA

A Floresta SombriaA FLORESTA SOMBRIA
Autor: Cixin Liu
Ano de Lançamento: 2017
Nº de páginas: 472
Editora: Suma de Letras
Compre na Amazon: Clique Aqui


SINOPSE

Depois de “O problema dos três corpos”, a humanidade se prepara para a iminente invasão alienígena. A Organização Terra-Trissolaris — formada por habitantes da Terra que traíram seus iguais para se associar aos alienígenas — pode ter sido derrotada, mas a presença de partículas subatômicas, os sófons, revela todo o conhecimento da humanidade para os invasores, e as defesas terráqueas são um livro aberto para os trissolarianos.

RESENHA – A FLORESTA SOMBRIA

A humanidade sempre sonhou e se questionou: estamos sozinhos no universo? Na ânsia de contato com outras espécies, sinais de vida foram lançados por nós pelo universo em busca de vida inteligente. As mensagens foram respondidas, mas o resultado não foi o esperado. Os habitantes de um estranho planeta caótico e a beira da morte chamado Trissolaris, com a ajudada de parte da humanidade, está se aproximando da Terra. Seu desejo não é se misturar, mas aniquilar! Nesta sequência do aclamado livro de ficção científica “O Problema dos Três Corpos” vemos a Terra a beira da extinção. O que seria capaz de parar um frota alienígena altamente bélica, superior em número e mais desenvolvida? Evolução tecnológica? Guerra? Fugir para outros planetas ou a solução estaria apenas em um sentimento cada vez mais escasso em nossos dias… o amor.

A Floresta Sombria“O universo é uma floresta sombria. Cada civilização é um caçador armado se esgueirando pelas árvores como um fantasma, afastando com cuidado os galhos no caminho, tentando avançar sem emitir ruído e controlando até a respiração. O caçador precisa ter cautela, porque a floresta está cheia de outros caçadores também silenciosos (…) Nessa floresta o inferno são os outros (…) Nessa floresta sombria, uma criança estúpida chamada humanidade acendeu uma fogueira e está parada ao lado dela, gritando: “Estou aqui! Estou aqui!”

Os Trissolarianos estão chegando. Na melhor das hipóteses em aproximadamente quatro séculos estarão entre nós e não sobrará nem vestígio que habitamos a Terra. Sempre confiamos em nosso “braço” e força, mas dessa vez podem não ser o bastante. Eles (Trissolarianos) enviaram uma micro-tecnologia chamada Sófons responsável por impedir qualquer avanço na área da física por parte dos humanos e transmitir toda e qualquer informação, evolução e decisão de nossa parte para seu planeta, permitindo os alienígenas se prepararem e se anteciparem a qualquer atitude. A nossa existência se tornou um jogo de cartas marcadas onde nós só temos como perder. Mas reside uma esperança na humanidade: a mente humana e seus mistérios! Trissolarianos podem conseguir revelar todas as nossas atitudes mas não podem ler nossos pensamentos. Assim, por determinação da ONU, um ousado plano foi concebido: a escolha de quatro indivíduos que terão plenos poderes e recursos para projetarem uma saída para humanidade em meio a atitudes e informações falsas que despistarão os intrusos e os próprios humanos. Residirá na mente destes quatro indivíduos escolhidos a dedo a nossa sobrevivência. Eles serão responsáveis por parar a frota alienígena, e serão chamados de Barreiras!

A Floresta Sombria“- (…) Sabe qual é o maior gesto de consideração que uma raça ou civilização pode receber?
– Não, qual?
– Aniquilação. Esse é o maior sinal de respeito possível para uma civilização. Eles só se sentiriam ameaçados por uma civilização que realmente respeitam..”

Um ex-presidente Venezuelano, um ex-secretário de defesa americano, um neurocientista britânico e um chinês sociólogo e astrônomo foram os escolhidos para salvar a humanidade. Suas soluções irão variar de ataques camicases, lavagem cerebral, sequestro e até “magia”! Mas para cada barreira criada, surge uma contra-solução para aniquila-la através dos Destruidores de Barreias, humanos escolhidos pelos Trissolarianos para ajuda-los na sua conquista. Quatrocentos anos parece bastante tempo para se viver e gerar soluções satisfatórias, mas conforme as décadas passam e as frustrações se acumulam, o desespero abate. Mais de dois séculos de história e soluções frustradas empurrarão a humanidade para o abismo, para uma nova idade das trevas. Talvez não seja necessário armas letais por parte dos alienígenas para nos eliminar, talvez o próprio coração do homem faça isso primeiro. Egoísmo, guerras, fome e miséria são o nosso futuro. Porque estaríamos destinados a conquistar as estrelas e sobreviver quando não suportamos nem o nosso vizinho? A morte se aproxima… o futuro chegou sombrio e mortal.

A Floresta Sombria“A principal necessidade de uma civilização é a sobrevivência. A civilização cresce e se expande continuamente, mas a matéria total do universo permanece constante.”


SENTENÇA

Segundo volume da trilogia de ficção científica do autor mais prolífico do gênero na China, cujo primeiro volume foi vencedor do prêmio HUGO e é aclamado no mundo inteiro. Avalio como uma obra em duas partes. Na primeira parte Cixin Liu não entrega nesta sequência o mesmo grau de genialidade do seu livro antecessor. Com uma pegada mais puxada para o suspense em dois terços da obra do que para a cientificidade em si, que marcou seu livro de estreia, a história prende, mas não encanta. Flertando menos com a ciência “pesada” e mais com questões emocionais e existências o livro quase se perde, possuindo partes bem longas e quase repetitivas, mesmo com a criatividade do autor sempre presente. Porem, na (minha) segunda parte, no terço final do livro, temos a volta da genialidade deste autor que me conquistou ano passado. O livro cobre aproximadamente duzentos anos da história da humanidade em busca de sobrevivência, e quando o futuro chega na trama Cixin Liu (Vintage) chega pesado! Destilando criatividade, invenções, batalhas, soluções e um final digno do peso desta trilogia!! Em um mercado tão restrito, e quase respirando por aparelhos de ficção científica no Brasil, essa obra, mesmo com seu ritmo quebrado, continua sendo leitura obrigatória para os fãs do gênero. Se você é um marinheiro de primeira viagem neste estilo, não se intimide com os termos técnicos e a ciência depositada nesta obra, compre o primeiro volume e embarque nessa jornada incrível que garanto irá te encantar. Já os veteranos de guerra estão esperando o que? Assim como as Barreiras do livro, vocês são responsáveis por defender a ficção científica em nosso país e não deixar que ela chegue a extinção… por isso deixe essa resenha de lado e compre agora essa continuação!

Comentários

Comentários