FICHA TÉCNICA

AS BRIGADAS FANTASMA
Autor: John Scalzi
Ano de Lançamento: 2017
Nº de páginas: 376
Editora: Aleph
Compre na Amazon:


SINOPSE

Na continuação do premiado livro Guerra do Velho, a tenente Jane Sagan descobre uma armadilha sendo tramada contra a humanidade e um plano para a subjugação e a erradicação de sua espécie inteira. É um genocídio planejado detalhadamente com base na cooperação, até então inédita, entre três raças. E um ser humano. Para lidar com essa trama, as Brigadas Fantasma, com soldados que já nascem com o propósito de proteger a raça humana, precisam entrar em ação. Passando por conflitos de identidade, mas com um forte senso de companheirismo, esses soldados serão liderados por Jane Sagan, que precisa impedir uma guerra entre espécies enquanto lida com um fato preocupante: em meio a suas fileiras, pode haver um traidor. Com a escrita dinâmica, leve e inteligente característica de John Scalzi, As Brigadas Fantasma discute questões éticas e de identidade enquanto envolve o leitor na história de uma grande conspiração política e bélica.


RESENHA – AS BRIGADAS FANTASMA

Os seres humanos não nascem com desejos, a menos que exista razão para eles. Abominações, monstros. Utensílios usados pela União Colonial para missões dos quais têm medo. Projetados para serem mais fortes, rápidos e sagazes, crianças-soldados criadas em corpos adultos com objetivo de defender a humanidade. “As Brigadas Fantasma” é o segundo volume da tão aclamada série de ficção científica “Guerra do Velho” do autor John Scalzi, um mundo que você nunca mais vai querer sair.

“Somos projetados para sermos mais fortes, rápidos e espertos que outros seres humanos. Mas somos assim como consequência do que nos torna diferentes. O que nos torna diferentes é que, entre os humanos, somos os únicos que nascem com um objetivo. E esse objetivo é simples: manter os seres humanos vivos neste universo”

A humanidade está correndo perigo, durante uma investigação a tenente Sagan descobre uma traição e uma guerra sendo tramada contra a humanidade. Uma carnificina planejada em detalhes com uma aliança entre três raças alienígenas e um ser humano. Após a descoberta, os generais das Forças Coloniais de Defesa (FCD) resolvem transferir a consciência do cientista traidor Charles Boutin para um clone. Consequentemente nasce Jared Dirac, criado apenas para carregar a consciência de outra pessoa. Ao que parece, pode ser a única esperança para salvar a humanidade.

“Eles chamam vocês de Brigadas Fantasma, mas você é o único com um fantasma de verdade na cabeça. ”

Jared Dirac é enviado para treinar com outros soldados, a partir deste momento conheceremos a forma de pensar e agir de um soldado das Forças Especiais. Após o treinamento o mesmo será recrutado ao pelotão liderado por Jane Sagan, onde embarcará em uma série de missões no qual terá um choque de consciência para descobrir o seu verdadeiro “eu”, e o que diferencia de Boutin, será a soma de suas memórias? Será soma de suas experiências? Ou será soma do seu DNA?

O livro levanta questionamentos maiores através do seu principal protagonista sobre a natureza da humanidade, da consciência e do livre arbítrio. Scalzi apresenta políticas que deixam claro que os lados não são tão claros quanto aparentam ser. É um complemento necessário para o universo e aquilo que o torna muito mais interessante.

“Imagine se toda espécie se batizasse com seu maior defeito? Poderíamos chamar nossa espécie de arrogância”


SENTENÇA

O livro figura entre mais altos do que baixos, é uma história emocionante e complexa, na qual os humanos lutam desesperadamente pela sobrevivência em um universo hostil e corrupto. Com a escrita ágil e um enredo mais técnico, John Scalzi consegue nos surpreender mais sobre o seu universo do que os personagens. É nítido que faltou o carisma e o humor de John Perry, acredito que foi o diferencial do primeiro volume da série. Talvez, Perry seria a cereja do bolo que tanto faltou para esta obra, mas certamente para os fãs de ficção científica continua uma leitura indispensável.

Comentários

Comentários