FICHA TÉCNICA

Entre Cabras e OvelhasENTRE CABRAS E OVELHAS
Autor: Joanna Cannon
Ano de Lançamento: Abril/17
Nº de páginas: 472
Editora Morro Branco
Compre AQUI: http://amzn.to/2rVoVI9


SINOPSE

“Inglaterra, verão de 1976. A sra. Creasy está desaparecida e a Vila borbulha com fofocas. Os vizinhos culpam a sufocante onda de calor por seu repentino sumiço, mas as pequenas Grace e Tilly não estão convencidas disso.

Com o sol brilhando incansável no céu, as meninas decidem tomar o assunto em suas próprias mãos e, batendo de porta em porta atrás de pistas, percebem que todos na Vila têm algo a esconder. Enquanto a rua começa a revelar seus segredos, as pequenas detetives vão perceber que ne m tudo é o que parece.”


RESENHA – ENTRE CABRAS E OVELHAS

Sabe aqueles livros que não somente te prendem durante a leitura, mas te fazem pensar nele muitas horas/dias após tê-lo finalizado? Para o bem ou para mal, seja com um sentimento de alegria, tristeza ou até mesmo algo mais indigesto, quem dirá agridoce. Entre Cabras e Ovelhas se encaixa neste perfil, com uma história envolvente, apaixonante e trágica. Trazendo dois extremos puramente humanos, a inocência de uma criança e a tragédia e maldade latentes de um adulto.

Entre Cabras e Ovelhas

“Era começo de dezembro e a geada já começava a pintar as calçadas. Pensava em dar a noite por encerrada, antes que a temperatura caísse ainda mais e a ida para casa se tornasse ainda mais perigosa. Talvez, se o tivesse feito, nada daquilo tinha acontecido. Embora soubesse, por experiência própria, que se algo de ruim vai acontecer, acontecerá independentemente do quanto se tente evitar. Coisas ruins nos encontram. Elas nos procuram. Pouco importa se tentamos ignorá-las, nos esconder ou andar na direção oposta. Elas acabam por nos descobrir eventualmente.
É sempre só uma questão de tempo”.

Entre Cabras e Ovelhas é um livro que aborda diversos temas com uma sutileza impressionante. Tudo começa quando uma das moradoras da Vila desaparece misteriosamente. Não se sabe se ela foi sequestrada ou se simplesmente foi embora, e quais motivos ela teria para fazer isso. Afinal, a srª Creasy é casada e sempre teve um relacionamento bastante positivo com seus vizinhos. Todos os demais moradores ficam preocupados com seu sumiço, em especial, obviamente, seu marido. Mas são duas crianças (Grace e Tilly) que partem numa investigação, que não somente trarão à tona os mistérios deste desaparecimento, como os segredos mais pérfidos que se escondem por baixo da pele da comunidade local.

Entre Cabras e Ovelhas“- As pessoas acreditam nas coisas mesmo sem saber se são mesmo verdadeiras – eu disse.
– Porque, se todo mundo acredita na mesma coisa, isso faz com que se identifiquem. É como se pertencessem ao mesmo grupo – disse Walter”.

Há vários pontos a serem considerados no livro. O entrosamento e cumplicidade apaixonantes de Grace e Tilly, duas crianças que veem somente inocência sobre os diálogos culposos dos adultos. A determinação delas em busca de respostas. O destaque individual dado a cada um dos moradores da Vila, todos municiados com seus dramas e demônios internos. E uma mistura genial de drama, suspense, calunias, debates religiosos, amizade, bullying, lealdade, amor e traição. São tantos gêneros misturados num único livro, que é de se admirar como a autora conseguiu conceber todos eles de maneira tão real, tão humana.

Entre Cabras e Ovelhas” – Mas eu não entendo – cochichou Tilly – Como é que Deus pode saber quais pessoas são cabras e quais são ovelhas.
– Acho que é aí que está o problema – retruquei – Nem sempre é fácil saber a diferença”.

O livro é intercalado com relatos em primeira pessoa feitos por Grace, e por pontos de vista sobre os moradores da Vila, culminando numa mistura de tempo presente e flashbacks. Entre Cabras e Ovelhas não é um livro de ação e de ritmo frenético, mas sim de descobertas, de segredos desenterrados e de consequências de seus atos. Um livro sobre o poder da mentira e a tragédia que nela resulta. Um livro sobre preconceitos, sobre julgamentos, sobre a eminente obscuridade que está soterrada sob o cerne da humanidade, sobre nossa capacidade de ferir uns aos outros de maneira cega e gratuita.


SENTENÇA

Entre Cabras e Ovelhas é sem dúvidas uma das minhas melhores leituras do ano. Um verdadeiro soco no estômago da sociedade e na sua conduta frente ao diferente. Grace e Tilly nos conduzem para uma autodescoberta. Ao final só há uma verdade, todos temos um pouco de Cabras e Ovelhas.

Comentários

Comentários