FICHA TÉCNICA

O Oceano no Fim do CaminhoO OCEANO NO FIM DO CAMINHO
Autor: Neil Gaiman
Ano de Lançamento: 2013
Nº de páginas: 208
Editora: Intrínseca
Compre na Amazon:Clique aqui


SINOPSE

Foi há quarenta anos, agora ele lembra muito bem. Quando os tempos ficaram difíceis e os pais decidiram que o quarto do alto da escada, que antes era dele, passaria a receber hóspedes. Ele só tinha sete anos.

Um dos inquilinos foi o minerador de opala. O homem que certa noite roubou o carro da família e, ali dentro, parado num caminho deserto, cometeu suicídio. O homem cujo ato desesperado despertou forças que jamais deveriam ter sido perturbadas. Forças que não são deste mundo. Um horror primordial, sem controle, que foi libertado e passou a tomar os sonhos e a realidade das pessoas, inclusive os do menino.

Ele sabia que os adultos não conseguiriam — e não deveriam — compreender os eventos que se desdobravam tão perto de casa. Sua família, ingenuamente envolvida e usada na batalha, estava em perigo, e somente o menino era capaz de perceber isso. A responsabilidade inescapável de defender seus entes queridos fez com que ele recorresse à única salvação possível: as três mulheres que moravam no fim do caminho. O lugar onde ele viu seu primeiro oceano.

 


RESENHA – O OCEANO NO FIM DO CAMINHO

O tempo é uma força da natureza que não podemos controlar e com o passar dos anos esquecemos sensações, lembranças, cheiros, vozes e muitas coisas que um dia foram essenciais em nossa vida, e talvez, no futuro um pequeno fragmento de memória possa nos trazer a mais sutil lembrança de uma vida à muito esquecida.
O Oceano no Fim do Caminho“Esse é o problema com as coisas vivas. Não duram muito. Gatinhos num dia, gatos velhos no outro. E depois ficam só as lembranças. E as lembranças desvanecem e se confundem, viram borrões…”

O Protagonista da vez é um senhor de idade amargurado pela vida e triste com a recente perda de um ente querido, embarcando em uma viagem sem destino apenas para espairecer a mente. Mas o que ele não esperava é que o destino final seria um lugar que estava escondido em suas lembranças a muito tempo, trazendo memórias de um passado triste e sozinho.

O Oceano no Fim do Caminho“Vou dizer uma coisa importante para você. Os adultos também não se parecem com adultos por dentro. Por fora, são grandes e desatenciosos e sempre sabem o que estão fazendo. Por dentro eles se parecem com o que sempre foram.  Com o que eram quando tinham a sua idade…”

Sua juventude nem sempre foi fácil, já que no ponto principal da história presenciamos as dificuldades econômicas enfrentadas pela família do garoto, e pensando em amenizar as despesas a família aluga o antigo quarto dele para a nova governanta, Srt. Ursula Monkton, uma bela moça aos olhos da família, porem uma criatura das trevas que veio para oprimir e complicar ainda mais a vida do garoto. Com a Ajuda de Lettie Hempstock os dois iram entrar em uma jornada de fantasia e aventura, onde irão enfrentar os seus piores pesadelos.

O Oceano no Fim do Caminho“Eu vi o mundo de cima e de baixo. Vi que havia padrões, portões e caminhos além da realidade. Eu vi todas essas coisas e as compreendi, e elas me preencheram, da mesma forma que a agua do oceano me preenchia…”


SENTENÇA

Não demora muito para mergulharmos de cabeça nas lembranças de nosso protagonista, com um toque sutil para o modo como lidamos com a infância. Durante todo o livro tive uma sensação de que a história é nada mais que uma grande metáfora para nos mostrar os medos e inseguranças de uma criança triste e sozinha, visto pelos olhos de sua mente juvenil. A forma profunda e delicada como Gailman escreveu esse livro é sem dúvida o ponto alto da obra, e de uma maneira poética somos arrebatados por esse “Oceano” de nostalgia e sensações, colocando em evidencia a maestria de Neil Gaiman para incorporar os elementos da vida real em uma simples história de fantasia, sem dúvida alguma fiquei de queixo caído.

Comentários

Comentários