FICHA TÉCNICA

DRAGÕES DA TEMPESTADE
Autor: Leonardo Reis
Ano de Lançamento: 2016
Nº de páginas: 169
Formato: E-Book
Compre aqui: Amazon


SINOPSE

Para assegurar que os horrores da guerra não retornariam, os sacerdotes criaram uma ordem sagrada, os Dragões da Tempestade, guerreiros preparados desde a infância, para um único propósito: nunca serem derrotados e assim preservarem a paz. Por séculos eles cumpriram sua missão.

Mas uma antiga profecia está prestes a se realizar: o Imortal será revelado, arrastando os Campeões do Dragão pelas portas da morte, trazendo a guerra derradeira e o fim das Três Nações. Ao mesmo tempo os sacerdotes têm visões sobre o nascimento de Zairos, um guerreiro cujas escolhas poderão mudar o destino do mundo.

Porém quando um antigo inimigo retorna para lhe tirar tudo de novo, Zairos se divide entre o dever e a vingança, em um caminho que pode deflagrar as forças imortais da antiga profecia em uma guerra sem precedentes, destruindo tudo aquilo que ele jurou proteger.

Uma fantástica e épica jornada, cheia de ação e drama, glória e tragédia, honra e traição, amor e ódio, vingança e redenção. Sangue, lágrimas, um toque de fantasia e surpresas inimagináveis em um final de tirar o fôlego, criando uma história sem precedentes e uma lenda imortal.

Caminhe lado a lado com os Dragões da Tempestade, descubra os mistérios da sangrenta profecia e faça a sua escolha: paz ou… GUERRA?


RESENHA

Originalidade! Esta é a palavra que melhor poderia definir Dragões da Tempestade. Talvez não tão original em sua história, mas claramente em sua narrativa e na maneira como é conduzida. O próprio autor destaca o formato como uma espécie de “Cinelivro”, e confesso que não conseguiria encontrar um nome que mais de adequasse às características do livro. Mas, como funciona? O que seria este “Cinelivro”? Bem, esta é uma pergunta que vocês mesmos deveriam por si só buscar e responder. De uma maneira geral, é algo como se tivéssemos lendo a um filme, sim, estranho, bastante estranho! Mas a sensação é esta. Toda a estrutura de narrativa é no formato de um roteiro, uma mistura bem eloquente de livro e filme. E deu certo?

Sim! Obviamente por não estarmos nem um pouco habituados com este “formato” estranharemos no começo. E é aí que entra a história e a maneira como ela prende o expectador desde o primeiro instante. Aos poucos vamos nos familiarizando com a narrativa e em dado momento, nem ao menos percebemos que estamos diante de uma estrutura diferente.

Dragões da Tempestade remonta basicamente a um conflito entre três diferentes nações. Após tempos de guerras e sofrimento, ergueu-se um pacto entre elas. Tal acordo basicamente limitava-se a cada nação escolher um campeão para representá-la no campo de batalha. Um desafio sangrento, um contra um. O vencedor teria dois caminhos a escolher, guerra ou paz. Assim nasceram os Dragões da Tempestade, guerreiros altamente qualificados, instruídos pelos sacerdotes a escolher unicamente o caminho da paz.

Vamos acompanhar a trajetória de Zairos, passando por sua infância inocente ao lado de seu pai até o momento que uma tragédia arremete-se contra ele. A partir daí o garoto vai em busca de se tornar um poderoso guerreiro minado de decisões que irão confrontá-lo, decisões que o fará escolher entre a ânsia de ter sua vingança, ou o dever para com o guerreiro que se tornou e sua responsabilidade com a nação que representa.

O livro é conduzido de maneira que faz com que o leitor busque vorazmente as próximas páginas. Em nenhum momento nos vemos diante de algo que poderia ser taxado como desnecessário, aqueles momentos maçantes e que sabemos que estão lá somente para preencher espaços. O livro é direto, violento e cru. Mas não se engane, há um grande leque de mitologias por de trás das cortinas. O mundo criado pelo autor, mesmo que em alguns pontos careça de um melhor desenvolvimento e detalhes, mostra um repertório bem construído e com plenas condições de expansão.


SENTENÇA

Dragões da Tempestade é uma maneira diferente de se contar histórias. Mesmo que no inicio, a experiência de ler um “cinelivro” seja nebulosa, em pouco tempo você será traçado para um mundo de guerras, batalhas violentas, vingança, ação e amizade e toda aquela desconfiança que pairava ante as páginas, é facilmente expurgadas. Cabe aqui um elogio ao autor por sua coragem e confiança em seu trabalho. Dragões da Tempestade é um ótimo “cinelivro”, e ao final ficamos na expectativa para que novas histórias nos levem a este incrível mundo.

Compre aqui: Amazon

Comentários

Comentários